A hipertensão arterial está relacionada à disfunção erétil (DE)?

A hipertensão arterial está relacionada à disfunção erétil (DE)?

Pode ser. As ereções firmes dependem de um bom fluxo sanguíneo para o pênis. A hipertensão pode prejudicar o fluxo sanguíneo.

A pressão arterial se refere à quantidade de força – ou pressão – que o sangue exerce nas paredes das artérias ao percorrer o corpo. Quando a pressão arterial está alta, as paredes das artérias ganham mais força.

A hipertensão arterial – também chamada de hipertensão – pode causar danos às paredes das artérias, aumentando o risco de uma pessoa desenvolver placas e aterosclerose (endurecimento das artérias). Isso pode acontecer em qualquer parte do corpo.

Quando isso acontece no pênis, pode não haver sangue suficiente para formar uma ereção.

Medicamentos prescritos para controlar a pressão alta, como diuréticos e beta-bloqueadores, também foram associados à disfunção erétil. Às vezes, uma mudança na medicação é tudo o que é necessário para que as ereções melhorem.

Leia mais em: https://nycomed.com.br/

O médico de um homem pode ajudá-lo a decidir se uma mudança na medicação é necessária. Alguns medicamentos têm menos probabilidade de causar disfunção erétil do que outros, mas o médico pode fornecer o melhor conselho pessoal.

Pessoas com pressão alta nem sempre sabem que têm. Felizmente, medir a pressão arterial é um teste rápido, simples e de rotina que pode ser feito em um consultório médico ou clínica.

Os homens são incentivados a levar em consideração a pressão arterial ao fazer suas escolhas de estilo de vida. Manter uma dieta saudável, limitar o consumo de álcool e sal, parar de fumar, praticar exercícios regularmente e perder o excesso de peso são boas decisões no que diz respeito à pressão arterial e à saúde em geral. Também é importante gerenciar o estresse de forma eficaz.